Dicas Para Evitar a Água Verde na Piscina

Home | Blog | piscina | Dicas Para Evitar a Água Verde na Piscina

Dicas Para Evitar a Água Verde na Piscina

Quem tem uma piscina sabe que ela é sempre a primeira opção quando pensamos em ter alguns momentos de lazer, contudo, a sua manutenção é algo que deve ser constante e qualquer negligência ou falta de atenção nos cuidados podem causar a famosa água verde na piscina.  

A água da piscina pode ficar esverdeada por diversos motivos e nesse artigo da Secob Bombas falaremos sobre o que causa esse fenômeno na água e como impedir que ela fique dessa maneira e cause problemas não só de conforto, mas também para a saúde dos frequentadores do espaço. 

Como Surge a Água Verde na Piscina

A água verde na piscina pode ser fruto de dois fatores principais: a infestação causada por algas e outros tipos de microrganismos ou o tratamento inadequado. Entretanto, o aspecto esverdeado e, algumas vezes o mau cheiro, não são os únicos problemas, quando a água está nesse estado, ela pode pôr em risco até mesmo a saúde dos banhistas, causando doenças de pele, problemas respiratórios, conjuntivite, alergia, entre outros. 

Quando a cor esmeralda aparece, um dos problemas pode estar no controle do pH da água, fundamental para mantê-la limpa. Uma vez que o pH está descontrolado, dificilmente os demais produtos de tratamento funcionam de forma adequada, sendo que em casos que a água está muito ácida ou muita alcalina, ela pode ser o melhor ambiente para a proliferação de bactérias e algas. 

Quando a estação mais quente se vai, é normal deixar a piscina de lado, além disso, quando há chuvas e ventos fortes, trovoadas e mudanças de temperatura bruscas, a falta de atividade na piscina acaba fazendo com que ela se torne o ambiente perfeito para as algas, tornando a água esverdeada. 

No entanto, em nenhum dos dois casos há motivos para esvaziar a piscina, é possível evitar ou contornar essas situações de maneiras simples, como veremos no tópico a seguir. 

Evite que a Água da Piscina Fique Verde de Forma Simples

A essa altura parece que o segredo para evitar que a água da piscina fique verde é bem simples, certo? Correto! Basta manter a água bem cuidada. 

Como vimos anteriormente, o principal motivo para que isso ocorra é a falta de controle no pH da piscina. Para realizar o controle da substância, basta verificar semanalmente seus níveis, juntamente com a alcalinidade da água e corrigir, caso necessário, com os produtos adequados. 

Além disso, outras dicas são fundamentais:

  • Retire com frequência todos os resíduos da água;
  • Não deixe a água parada; 
  • Mantenha o pH da água entre 7,2 e 7,6 e a alcalinidade entre 80 e 120 ppm.

Caso a água da piscina já tenha se tornado verde, comece a limpeza retirando todos os resíduos da superfície da água, tire as algas grandes, folhas, insetos e todo tipo de detrito visível e se decompondo. Não gaste seus produtos antes de fazer esse passo.

Em seguida é hora de equilibrar os níveis de pH e alcalinidade da maneira mencionada anteriormente, pois eles tornam a água neutra e adequada para o banho, mas, cuidado! A alcalinidade deve ser a primeira a ser controlada, aplicando o pH 6 horas depois. 

Pronto! Agora sua piscina já está própria para uso. 

Continue acompanhando os nossos conteúdos semanalmente e entre em contato para mais informações.

2020-02-04T17:52:05-03:00

Deixe um comentário

Secob Bombas

Inovação em serviços e distribuição de Bombas

Rua Hamilton Régis, 601 – Limoeiro – São Paulo-SP – CEP: 08051-440

Cartão de Débito

Crédito

Todos os Direitos Reservados  – Secob Bombas 

 Desenvolvido por: Agência MSEO